Acusado da morte do ator de Chiquititas se escondeu em sítio, diz site

Paulo Cupertino Matias está na mira da Polícia. O acusado da morte de Rafael Miguel e dos pais dele iniciou uma peregrinação pelo país e já esteve em sete cidades diferentes.
Segundo informações do site G1, Cupertino esteve, durante oito meses, trabalhando em um curral em Eldorado (MS). Por lá, era conhecido por Miguel.
Paulo era contra o namoro da filha Isabela Tibcherani e o ator de “Chiquititas” Rafael Miguel. Revoltado, Paulo é apontado como assassino de Rafael e seus pais. Ele está foragido desde junho de 2019.
Com identidade e documentos falsos, Matia já passou por Sorocaba, Águas de São Pedro, e Campinas, todas no interior do estado de São Paulo. Paulo peregrinou, ainda, por Ponta Porã, Mato Grosso do Sul, e Jataizinho, no Paraná.
Em nota, a Secretaria da Segurança Pública reforçou o trabalho de buscas por Paulo Cupertino Matias. “A Polícia Civil informa que as buscas pelo referido indiciado prosseguem, inclusive com o apoio da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul. Após a identificação do uso de uma identidade falsa, os agentes confirmaram que o procurado residiu durante um período na cidade de Eldorado (MS), tendo deixado o local na última semana. Equipes do DHPP [Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa] estiveram no local e diligências seguem em andamento para capturá-lo”.
Qualquer informação sobre o paradeiro de Paulo Cupertino Matias poderá ser realizada através do 181. O sigilo da fonte é garantido.

Siga-me no Instagram: @VladimirAlves

Foto: Reprodução/Divulgação/Polícia Civil