Aos 65 anos, Monique Evans desabafa: “Cobram um corpo que não temos”

Aos 65 anos, Monique Evans desabafa: “Cobram um corpo que não temos”

Em entrevista, a atriz e modelo falou sobre as cobranças que recebe nas redes sociais por não exibir a mesma aparência da década de 1980

Ícone da moda brasileira nas décadas de 1970 e 1980, Monique Evans sempre chamou atenção por sua beleza. Hoje aos 65 anos, a modelo desabafou sobre as críticas e cobranças que recebe nas redes sociais.

“As pessoas cobram a gente por um corpo que não temos mais, daí se sentem agredidos por termos a idade que temos”, desabafa, em entrevista à Quem.

A ex-modelo também revelou que deixou de ir à praia por medo de se tornar alvo de críticas. “Faz muitos anos que ir à praia não rola mais. Queria não ser conhecida para colocar um maiô cafona, me embolar na areia”, admite. “Sinto falta da praia de antigamente, sem paparazzi. Eles são bonzinhos, mas pegam as celulites, as gordurinhas. A Beth Faria foi uma vez à praia e acabaram com ela”, explica.

Apesar dos comentários negativos na internet, Monique se diz bem menos preocupada com a aparência hoje. “Não sou vaidosa, não passo cremes, cuido só pra não ter raiz branca no cabelo e estou sempre cheirosa. De seis em seis meses faço botox”, conta. “Minha barriga é flácida e a pandemia me deu 15 quilos. Estou querendo emagrecer, mas não estou enlouquecida. Não adianta endireitar a barriga se tem o braço, a perna. Para ‘arrumar’ tudo, tenho preguiça e não quero sentir dor”, completa.

Aos 65 anos, Monique Evans desabafa: “Cobram um corpo que não temos”
Aos 65 anos, Monique Evans desabafa: “Cobram um corpo que não temos”

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal

%d blogueiros gostam disto: