Audiência

Após 44 anos, Antonio Fagundes não renova com a Globo

O processo de renovação da TV Globo continua em prática e apresentando surpresas diárias.

A última é que Antonio Fagundes, após 44 anos de casa, não teve seu contrato renovado.

Bruno Gagliasso, Bruna Marquezine, Renato Aragão, Miguel Falabella, Vera Fischer, Tarcísio Meira, Glória Menezes além de outros atores e autores, como Aguinaldo Silva e Walther Negrão também tiveram seus vínculos descontinuados com a emissora.

Fagundes, em conversa com amigos, disse que entende as razões que levam a Globo a se comportar desta maneira. Sai pela porta da frente, sem ressentimentos e poderá, eventualmente, participar de novos trabalhos, mas com contrato por obra.

Aliás, não chega a ser segredo para ninguém, em se tratando de Fagundes e Globo, que a sua escalação é considerada imprescindível para a nova “Pantanal” como o Velho do Rio.

O próprio Benedito, autor da obra, admite que quer contar muito com ele.

De férias na TV desde o trabalho em “Bom Sucesso”(2019), Antonio Fagundes,71, vai completar em janeiro de 2021, 55 anos de profissão.

Ele estreou na Globo em 1976, na novela “Saramandaia”, depois de anos trabalhando na Tupi.

Aliás, são tantos os profissionais deixando o Grupo Globo, que até mesmo um “comunicado padrão” foi definido para esses casos.

A emissora diz que tem “tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para o futuro e evoluído nos modelos de gestão de talentos e parcerias, em sintonia com as transformações pelas quais passa o mercado”.
E que esses “companheiros” têm abertas as portas da empresa para futuros projetos em suas múltiplas plataformas.

Reestruturação

Conforme informado recentemente pela coluna, pelo menos até dezembro, vai se intensificar a saída de profissionais de RG mais antigo das fileiras do Grupo Globo. Contratos estão sendo analisados e as comunicações de não renovação não param.

Atores veteranos, por pertencerem ao grupo de risco da Covid-19, são os mais “visados” e terão muitas dificuldades para voltarem ou emplacarem novos projetos na televisão.
Isso reforça o que aqui também foi dito: chegou ao fim a era dos contratos de longa duração. Portanto, não há mais intocáveis na Globo.

To Top
%d blogueiros gostam disto: