Britto Jr. critica direção de A Fazenda 2020: "Ali está sendo cometido tortura"

Britto Jr. critica direção de A Fazenda 2020: “Ali está sendo cometido tortura”

Britto Jr usou as redes sociais para comentar sobre Marcos Mion ter chorado na edição da noite desta quinta-feira (29) em A Fazenda 2020. Britto apresentou o reality show por sete temporadas e saiu tecendo críticas ao diretor Rodrigo Carelli. “Eu sei por que ele tá chorando. E esse motivo tem nome e sobrenome”, escreveu Britto sem nominar o alvo da sua crítica – embora tenha ficado claro.

“@recordtvoficial pode demitir o Carelli. O Brasil agradece”, comentou uma internauta e Britto respondeu: “Não é só caso de demissão não. Ali está sendo cometido um tipo de tortura que eu denunciei e poucos se deram conta”.

Outra seguidora do jornalista interagiu: “É muita responsabilidade e muita cobrança Britto Jr que o diga “. E ele novamente respondeu: “Todo programa exige responsabilidade. Mas esse contém insanidade no comando geral”. Britto está fora da Record desde 2016 e fala pouco sobre a sua experiência com a emissora em entrevistas.

Britto Jr. critica direção de A Fazenda 2020: "Ali está sendo cometido tortura"
Britto Jr. critica direção de A Fazenda 2020: “Ali está sendo cometido tortura”

Em entrevista que será exibida segunda-feira (02) na Gazeta, o apresentador falou sobre a experiência com a direção do programa. “Discordava ‘só’ em 95% do tempo. Eu usava dois pontos. Tinha dias importantes para o jogo em que, por causa de insegurança de quem estava nos bastidores talvez, ficava uma loucura na minha cabeça, recebendo ordens o tempo todo”.

O apresentador ainda afirmou não acreditar na permanência de Mion por muito tempo no reality show. “Duvido que ele aguente ficar muitas temporadas à frente do programa”, avaliou.