Da MTV para a TV Globo: a icônica carreira de Marcos Mion antes da estreia no 'Caldeirão'

Da MTV para a TV Globo: a icônica carreira de Marcos Mion antes da estreia no ‘Caldeirão’

Na atividade desde os anos 2000, apresentador bateu picos de audiência na Record TV antes de se tornar global; relembre

Aos 42 anos, Marcos Mion está em estado de choque e em clima de celebração por ser o mais novo contratado da Globo. Convocado para substituir Luciano Huck no Caldeirão, o paulista entra nos Estúdios Globo realizando um sonho antigo, o de ser apresentador na maior emissora do Brasil.

Com uma carreira consolidada, Mion é um comunicador que passou por diversos canais televisivos, conseguindo deixar sua marca em cada um deles e até mesmo impactar uma geração com seu humor único. Da MTV ao Projac, o apresentador possui uma jornada de sucessos em seus 23 anos na TV.

A ESTREIA NA TELEVISÃO
Apesar de estar anunciando para o mundo que entrar na Globo é a realização de um sonho, o apresentador iniciou sua carreira exatamente na mesma emissora, porém, de um modo diferente.

Em 1999, o jovem de apenas 19 anos estreou na série de Sandy & Junior interpretando Max, um adolescente de origem judaica. “Já que eu sou ator, não pensei duas vezes para aceitar a proposta de aturar no ‘Sandy & Junior’. Lá, aprendi a ter intimidade com a câmera, experiência que vai ser muito útil”, disse ele ao Estadão, assim que deixou o programa naquele mesmo ano.

Mion precisou sair do seriado no final de 1999, pois seu currículo recebeu uma nova contratação: a da MTV.

O IMPACTO DA MTV
O apresentador está entre os nomes que impactaram uma geração na MTV Brasil. Ele fez parte da grande geração de VJs que eram inspiração para os jovens dos anos 2000 – nessa mesma leva foram revelados Cazé Peçanha, Didi Wagner, Sabrina Parlatore e Sarah Oliveira.

Ele começou com dois programas que o impulsionaram: o Supernova e o Piores Clipes do Mundo. Nessas atrações, Mion chamou atenção com sua personalidade engraçada e autêntica, sendo bem recebido pelo público mais novo. Mostrando uma grande capacidade de improviso e um domínio da câmera, ele construiu alguns dos grandes momentos da emissora.

Em 2002, porém, o comunicador teve uma passagem breve pela TV Bandeirantes, pois os dois programas que comandou não conseguiram repetir o sucesso conquistado anteriormente. Ao contrário da MTV, o público desaprovou o comportamento jovem e até mesmo politicamente incorreto do ator na atração Descontrole. Buscando driblar a situação, a emissora tentou adaptar o programa, criando o Sob Controle, mas não foi o suficiente.

De volta à MTV em 2004, Mion fazia sucesso arrancando gargalhadas e chegou a ganhar ainda mais participações: o Um VJ, Um Ator e Umas Mentiras, o Convernation, o Mucho Macho TV, o Quintacategoria e o famoso Descarga MTV.

Sobre a fama deste último, o apresentador foi abertamente julgado diversas vezes.

“Lembro que os críticos me chamavam de ‘enfant terrible (“criança terrível”, em francês), na MTV. Eram coisas com as quais as pessoas não estavam acostumadas, a molecada pirava. Mas quem podia escrever uma crítica, oscilava entre achar o máximo ou completamente fora de mão. Mudar o cenário é muito ousado e, graças a Deus, fiz isso muitas vezes e continuo fazendo”.

CONSOLIDANDO A CARREIRA
Mion se manteve na MTV até 2009, quando foi chamado para ingressar no time da Rede Record. Logo em 2010, ele ganhou um programa que acompanhou suas piadas, quadros inusitados e reportagens: o Legendários.

A atração fez grande sucesso na televisão, ficando no ar até 2017 e chegando a ultrapassar a audiência da Globo em algumas noites de sábado. Lá, Mion comandou o programa, mas contou com a ajuda de Mionzinho (um personagem interpretado por Victor Coelho), Juju Salimeni, Marcelo Marrom, João Gordo, Maurício Meirelles e muitos outros.

Na Record, o comunicador também chegou a apresentar o Ídolos em 2012 e o A Casa em 2017. Porém, foi com o fim do Legendários que Mion se destacou em A Fazenda. Comandando o reality rural desde 2018, ele deu um show de profissionalismo e carisma na edição de 2020, quando o programa bateu recordes de audiência devido ao sucesso do BBB20 e à pandemia.

Da MTV para a TV Globo: a icônica carreira de Marcos Mion antes da estreia no 'Caldeirão'
Da MTV para a TV Globo: a icônica carreira de Marcos Mion antes da estreia no ‘Caldeirão’

A VOLTA À GLOBO

Agora no Projac, Mion realiza um sonho. Em 2021, a emissora carioca oficializou a entrada do apresentador para comandar o Caldeirão nas tardes de sábado e ele até mesmo já foi recepcionado pelo Multishow e por Fátima Bernardes.

No ‘Encontro’, ele se emocionou ao falar de sua trajetória e reforçou a satisfação de estar pisando nos Estúdios Globo:

“Não vou fingir costume, era mais que uma meta, era um sonho. Muitas pessoas não conseguem realizar um sonho, tô vivendo cada segundo, é uma emoção grande. É fácil dizer que Deus desenhou um caminho para mim, mas quando você está caminhando é uma angústia. Tô surtando de estar aqui”.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal

%d blogueiros gostam disto: