Figurinista nega caso extraconjugal com José Mayer

Su Tonani usou o blog da Folha de São Paulo para denunciar José Mayer de assédio moral e sexual. O texto da ex-figurinista global causou um rebuliço na mídia nacional. José Mayer foi afastado da Globo e o caso foi parar na delegacia. Tonani, no entanto, não quis representar criminalmente contra o ator e o caso foi engavetado.

A partir da negativa de Su, surgiram boatos de que os dois tiveram um caso extraconjugal no passado. A figurinista voltou ao blog da Folha e negou ter se relacionado com o ator. “Não, eu não fui amante de José Mayer ”, afirmou no texto.

“Me sinto vítima novamente. Vítima de quem, agora? Vítima de profissionais exibicionistas. Vítima da narrativa produzida por tabloides irresponsáveis, das versões misóginas da violência que vivi que tornam suspeito meu gesto de denúncia, bem como a sororidade das que me apoiaram. Sinto que a minha história teve começo, meio e fim. Terminou na terça à noite, 04 de abril de 2017, com um pedido de desculpa da Rede Globo e uma carta de confissão do José Mayer, ambos lidos no ‘Jornal Nacional’. Senti que tive a justiça que desejava. Pouco creio que a punição criminal para o meu caso tenha alcance maior que já tivemos. Como se neste tipo de crime a decisão de abrir um inquérito é exclusiva da vitima? Se eu assim quisesse, o ideal não seria uma delegadA? Temos as delegacia de atendimento às mulheres para isso, não?!”, completou. Por que incomodou tanto o meu silêncio pós-relato? Talvez porque eu não tenha cumprido o papel da oportunista exibicionista que o patriarcado esperava. Peço que respeitem os meus limites, violados anteriormente, quando tudo isso começou. Outras podem assumir a frente dessa luta. E eu me comprometo a sempre apoiá-las, assim como fui apoiada por tantas”, concluiu.