Morre aos 96 anos, o sambista Nelson Sargento por complicações da Covid-19

Morre aos 96 anos, o sambista Nelson Sargento por complicações da Covid-19

Nelson Sargento faleceu na manhã desta quinta-feira, 27; o sambista foi internado com Covid-19

Faleceu na manhã desta quinta-feira, 27, o sambista Nelson Sargento aos 96 anos. Presidente de honra da Estação Primeira de Mangueira e autor de grandes sucesso como ‘Agoniza, mas não morre’, ele foi internado na última sexta-feira, 21, com Covid-19.

Sargento já havia tomado as doses da vacina. A primeira no dia 31 de janeiro e, a segunda, no dia 26 de fevereiro em sua casa. Além da idade avançada e da Covid, o sambista lutou contra um câncer de próstata anos atrás.

Nas redes sociais, a equipe postou uma nota oficial sobre o falecimento: “COMUNICAMOS COM PESAR E TRISTEZA O FALECIMENTO DO MESTRE, BALUARTE E PRESIDENTE DE HONRA DA MANQUEIRA, QUERIDO NELSON SARGENTO.  A família e a equipe de Nelson comunicam, com pesar e tristeza, o falecimento do mestre, baluarte e Presidente de honra da Mangueira, Nelson Sargento ocorrido hoje, às 10h45, no hospital do Inca – Unidade Cruz Vermelha, no Rio de Janeiro, por complicações da Covid 19”

%d blogueiros gostam disto: