Neymar sofre queda, fica para trás e famosos passam por cima

Interessado em curtir fotos de belas mulheres e fazer vídeos para o Tik Tok, Neymar Jr. aparenta não estar preocupado com as finanças.

A revista Veja desse sábado (25), no entanto, fez um levantamento que deve deixar o jogador preocupado.

Por conta dos escândalos envolvendo o nome do craque, empresas estão evitando associar suas marcas à imagem de Junior.

A nota “Uma Queda de Verdade” mostra que o jogador caiu no ranking de garotos-propagandas mais valorizados do pais.

Segundo a publicação, no primeiro semestre de 2018, Neymar Jr. era a terceira celebridade que mais aparecia em publicidade. Ele era o favorito das empresas C&A e Gol. Foram 3498 inserções em comerciais de TV. Ele perdia apenas para a dupla Zezé Di Camargo & Luciano em aparições.

No primeiro semestre de 2020, no entanto, os números mudaram assustadoramente. Neymar é o 41º colocado da lista, com míseras 304 inserções.

Com esse desempenho pífio, Neymar fica para trás de artistas como Fábio Porchat e Adriana Esteves, com 2066 e 918 inserções cada.

Os dados levantados pela revista Veja são da consultoria Controle da Concorrência.

queda Neymar