Pamella Holanda agradece apoio e encoraja mulheres a denunciar violência doméstica

Pamella Holanda agradece apoio e encoraja mulheres a denunciar violência doméstica

Ex-esposa de DJ Ivis faz apelo nas redes após ser vítima de duras agressões dentro da própria casa

Pamella Holanda usou suas redes sociais nesta terça-feira (13) para agradecer o apoio especialmente das celebridades que se solidarizaram com o seu caso e, ainda, para encorajar as mulheres a denunciar a violência doméstica.

“Obrigada a todos os artistas, atores, influenciadores, autoridades, veículos de comunicação, a Delegcia do Eusébio-CE, aos Órgãos competentes, as Autoridades, ao Governador do meu estado, Camilo Santana, as milhares de mulheres, a todas as mães, enfim, meu muito Obrigada! Pelo apoio, suporte, ajuda, posicionamento, trabalho e empenho”, começou a ex-esposa do DJ Ivis em um texto sincero que escreveu em suas redes sociais.

Ela ainda fez questão de ressaltar que a sua atitude de expor o acontecimento incentive outras mulheres a fazerem o mesmo. “Que tudo isso encoraje mais mulheres a denunciar violência doméstica”, disse.

E, concluiu Pamella Holanda. “E fica meu apelo novamente: que não seja só comigo, mas com todas que tomam a decisão revestida de coragem de denunciar seus agressores a serem ouvidas, assistidas e que todas as medidas asseguradas a nós pela Lei Maria da Penha, uma mulher cearense, diga-se de passagem, a quem dá o nome da Lei, sejam cumpridas, tomadas e respeitadas. Só assim esse cenário pode mudar o nosso país. Obrigada”, finalizou.

Pamella Holanda agradece apoio e encoraja mulheres a denunciar violência doméstica
Pamella Holanda agradece apoio e encoraja mulheres a denunciar violência doméstica

ABSURDO

Esposa de DJ Ivis, a estudante de arquitetura Pamella Holanda afirmou nesta segunda-feira (12) que era constantemente agredida pelo companheiro.

Em uma conversa reveladora com o jornalista Leo Dias, do Metrópoles, ela disse que apanhou durante a gravidez da filha. “A primeira vez que ele me agrediu eu estava grávida, de cinco para seis meses. Ele me pegou pelo pescoço e foi me arrastando pelo corredor até o sofá”, disse ela.

Segundo o relato da jovem, o cantor vivia no limite e perdia a cabeça muito fácil.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal

%d blogueiros gostam disto: