Pe Lanza, namorada e a mãe vão parar na polícia

Afastado da mídia há algum tempo, Pe Lanza, ex-integrante da banda Restart, voltou ao noticiário das celebridades. Mas não por causa de novidades da carreira. O músico está na berlinda por conta de um caso de polícia. O artista, a namorada Gabriela Merjan e a mãe dele, Leni de Cássia Lanza, se estranharam e o barraco foi parar nas páginas policiais.

 

 

No dia 8 de junho, Dona Leni fez um boletim de ocorrência em São Paulo, acusando a nora de suposta agressão. A mãe de Pe Lanza alega ter recebido tapas, arranhões e mordidas, enquanto tentava, em vão, segurar a jovem. Na queixa, Pedro também é citado pela própria mãe.

 

O início da discussão se deu após Leni pedir que Gabriela deixasse dua casa. O músico teria se irritado e atirado uma panela contra a própria mãe que diz ter quebrado o dedo. Sem divulgar imagens, Pe Lanza diz ter um vídeo que depõe contra a própria mãe.

 

“Ela veio me xingar. Na verdade, já é de tempos que ela me odeia e me xinga, chutava meu cachorro e eu só cuidava da dela, porque ela nunca cuidou da cachorra, passava meses sem banho, não comia e etc. Até que um dia eu não aguentei mais ser xingada quieta e xinguei também! Aí ela não aguentou, veio pra cima de mim e tudo mais, aí eu bati pra me defender. O Pedro berrava para a gente parar, e ela não largava meu cabelo, eu já estava no chão e ela continuava a me bater. Até que o Pedro segurou os braços dela, ela veio com uma tesoura de ponta falando que iria me matar. Foi quando eu falei que iria embora e me tranquei no quarto. Estou cheia de roxos na perna e corte no braço”, escreveu Gabriela nas redes sociais.

 

“Eu também acho que não é solução, tanto que sempre pedi pra conversar e ela só sabia me xingar! Ela é depressiva, superciumenta. Nunca gostou de nenhuma namorada do Pedro (…)  Você não sabe do que ela é capaz! Sabe o pior? Que ela sempre falou pra ele ‘ela ainda vai te f****, ainda vai chamar a imprensa… E olha quem fez'”, acrescentou Merjan.

 

 

Em entrevista ao “Cidade Alerta” da RecordTV, Pedro Gabriel Lanza Reis falou sobre o ocorrido. “Eu tentei a todo momento apaziguar e separar as duas. Eu tenho até um vídeo, de um momento em que a briga começou a ficar muito séria e muito feia, eu consegui separar as duas e a minha mãe pegou essa panela e foi em direção à Gabriela. (…) No vídeo, quando ela (mãe) percebe que eu estou gravando, ela solta a panela na minha mão. Eu nunca imaginei que eu fosse me decepcionar com a minha mãe. Não é a primeira vez que ela perde a cabeça a esse ponto, ela mandou o meu pai para fora de casa há uns quatro anos, jogou as roupas dele no entulho. Eu não sou médico para dar laudo nenhum, mas ela sempre teve muito ciúme, por ela ser muito sozinha. E ela também tem vestígios de depressão”, justifica o ex-Restart.

 

Em 2016, Pe Lanza revelou que precisou fazer terapia para lidar com a fama. “Cheguei a fazer terapia durante um tempo, uns cinco anos atrás. Nunca imaginei que um dia eu fosse me tornar formador de opinião ou um espelho pra uma geração. Hoje em dia, eu tento não misturar minha vida pessoal com minha vida profissional. Depois de tantos problemas (psicológicos, pessoais e trabalhistas), resolvi deixá-la guardadinha pra mim e pra quem faz parte dela. Quem sabe, talvez, não seja diferente”, entregou.

 

A assessoria de Pe Lanza diz que não comenta assuntos pessoais e só cuida da carreira artística do cantor.