Poder feminino abrilhantando Carnaval Paulistano

Carnaval Paulistano
Carnaval Paulistano

O Carnaval Paulistano é a festa popular mais celebrada no Brasil e que, ao longo do tempo, tornou-se elemento da cultura nacional e responsável por atrair milhares de turistas todos os anos.  

No Polo Cultural e Esportivo Grande Otelo, mais conhecido como Sambódromo do Anhembi, a festa acontece durante 4 noites, onde a LIGA SP administra 34 escolas de samba dos grupos Especial, de Acesso 1 e Acesso 2 do Carnaval de São Paulo.

Destacamos algumas mulheres que abrilhantaram este espetáculo por conta do luxo e da originalidade de suas fantasias que acabaram sendo um grande destaque a parte.

Com muita energia e brilho, os desfiles da segunda noite do carnaval paulistano, ficaram ainda mais glamourosos com o grande investimento de beleza e poder feminino que essas mulheres maravilhosas desfilaram na passarela do samba.

Encontramos a socialite Simara Sukarno, entre os seus faisões albinos dando graça na Sociedade Rosas de Ouro, onde desfilou como destaque central de luxo e também a advogada Valéria Helena Antunes por sua vez, que também exibiu seus faisões e ofuscou a grande noite durante o desfile da ‘Escola do Povo‘, a tradicional Vai-Vai, com seus quilos de cristais swarovskis. 

A modelo e ex Panicat Tânia Oliveira, utilizou palha de carnaúba como material alternativo em seu costeiro e brilhou como uma verdadeira estrela a frente de uma das alegorias da Dragões da Real, onde é madrinha da agremiação.

Já a irmã e filha da saudosa Marielle Franco, Anielle Franco e sua sobrinha Luyara Santos, escolherem o brilho de sofisticados vestidos de gala para homenagearem Marielle e curtirem a grande festa de momo.  

Já do domingo, dia de apresentação do grupo de Acesso 1, o destaque ficou para a internacional Musa Fitness Phoebe Vecchioni que riscou o chão maravilhosamente, com muito samba, suor e ostentação, trajando uma fantasia de centenas de faisões nas cores preto e vermelho, além de rabos de galo e cristais que realçaram o seu corpo escultural, onde a musa demonstrou a sua força feminina como Madrinha de Bateria da escola de samba Independente Tricolor.  

Crédito das Fotos: Renato Cipriano / Zuleika Ferreira – RZ Assessoria