BBB Público pede expulsão do hipnólogo Pyong: “Assédio”

Festa Guerra e Paz alterou os ânimos dos participantes do reality show global

Pyong BBB

A festa Guerra e Paz, realizada na noite da última sexta-feira, teve mais conflitos do que harmonia. A começar pela bebedeira dos participantes, o clima esquentou pelas bandas da Globo.

Nem a presença do top DJ ALok conseguiu acalmar os ânimos dos confinados no “Big Brother Brasil 20”.

Pyong, no entanto, chamou atenção do público por conta do comportamento nada usual. O hipnólogo tentou beijar Marcela e apalpou o bumbum de Flayslane.

– Py, olha para mim, você confia em mim? Para de beber, alertou Marcela.

Após puxar a médica, Pyong ouve uma advertência da sister.

– Pyooong, para! Tá doido, quê isso?, se indigna Marcela.

Não satisfeito, Pyong tenta abraçar a médica e balbucia.

– Ma, a gente….

– A gente nada. Você vai dormir. Cala sua boca. Vai dormir. A gente vai brigar. Você já passou do limite. Você tem mulher e filho te esperando em casa, alerta Marcela.

No dia seguinte, ainda de ressaca, o mágico tentou se lembrar do ocorrido.

– Eu deitei onde? Você sabe?, perguntou Pyong.

– No chão. Pode ficar tranquilo. Eu só não sei o que você falou para alguém, rebateu Felipe Prior.

Preocupado com as atitudes, Pyong continuou conversando com o arquiteto.

– Sério, eu tô preocupado com isso. Porque minha esposa…”, disse.

– Ah, tá com medo da sua esposa, mano? Fica tranquilo, tentou tranquilizar Prior.

– Não, não estou com medo dela, não quero ter feito uma merda, acrescentou Pyong.

Nas redes sociais o público reprovou as atitudes do coreano e pediu a expulsão do participante.