“Só fé e Deus”, diz Percival de Souza sobre Marcelo Rezende

Percival de Souza é o entrevistado da semana no quadro Fundo do Baú, comandado por Luciana Liviero em seu canal no YouTube. A participação marca o reecontro dos jornalistas que trabalharam juntos no Record Notícias, entre 2009 e 2010.

 

 

Durante a conversa sobre recordações da vida e da carreira, Percival contou muitas histórias dos quase 50 anos de profissão e revelou que ele e a família já foram vítimas de ameaças por conta de suas reportagens investigativas. “A minha morte tinha sido planejada cuidadosamente”, falou sobre a época em que cobriu o temido Esquadrão da Morte de São Paulo.

 

O jornalista lamentou o afastamento do parceiro Marcelo Rezende do Cidade Alerta, devido ao câncer agressivo no pâncreas e fígado. “Ele se queixava de dores nas costas, até que resolveu fazer uma bateria de exames”, revela sobre a doença de Marcelo. “Só fé, só esperança, só Deus”.

 

Voltando ao baú, Percival de Souza mostrou a primeira carteira de trabalho, um capacete que ganhou dos bombeiros, crachás e reportagens antigas, além dos prêmios que colecionou no jornalismo.