Famosos

Bomba! “Quase tirei minha vida”, desabafa famoso após acusação de suposta agressão

Victor Chaves

Três anos após escândalo, sertanejo Victor Chaves fala sobre caso

Há três anos, o caso da suposta agressão de Victor Chaves contra a então esposa Poliana Bagatini, tomava conta do noticiário especializado.

Imagens do sistema de vigilância mostraram a agitação no elevador e dependências do condomínio onde vivia o casal.

Em entrevista para a repórter Eliana Trindade, da Folha de São Paulo, o cantor revelou um momento crítico de sua existência.  “Seis dias depois do episódio quase tirei minha vida”, entregou.

Por conta da repercussão do caso, Chaves falou sobre a cobertura da mídia. “Utilizaram os fatos com leituras sensacionalistas. Se não fosse para a mídia e não chegasse aos rigores que chegaram, teria sido um dia de caos que resultaria em separação. Como se trata da mãe dos meus filhos, só posso falar que houve descontrole emocional grande”, acrescentou.

“Fui acusado de 15 chutes que não dei. Foi notícia duas noites seguidas no ‘Jornal Nacional’. No domingo, o apresentador do ‘The Voice Kids’ [ele era um dos jurados] fez um discurso de que a emissora não compactua com agressões e condena violência. Eles colocaram que eu pedi para sair do programa. Isso nunca aconteceu. Eu tinha problemas com a direção, por questões ideológicas. Destruir-me era um bom negócio. Não conseguiram. Naquele domingo, conversei com o pai da Poliana, que tinha assistido o vídeo [imagens da câmera de segurança] e entendeu a situação. Passei quatro dias na casa dos pais dela”, revelou.

“O exame de corpo de delito deu negativo. Não havia marcas de agressão. É triste Poliana dizer no depoimento que eu a joguei no chão. Na TV, aceleram o vídeo. Não dá para ver que estou arqueando o corpo para suavizar a queda dela”, explicou sobre as supostas agressões.

Na época, Victor gravou uma série de vídeos ironizando a situação polêmica. “Quando Ricardo Boechat morreu, um jornalista sério que eu admirava, fiz aquele vídeo [postado em 11 de fevereiro de 2019]. Tive a ideia no banho: fazer o papel de um jornalista sem camisa e de um engravatado, numa crítica a essa mídia medíocre, a tudo quanto é fake news e notícias inúteis. O post saiu do controle. Eram agressões e ameaças por acharem que eu estava debochando da Justiça”, explicou.

“O que me salvou foi a arte. Durante uns sete meses, tomava banho de três em três dias”, revelou.

Com a decisão da Justiça, Victor Chaves pode ver os filhos a cada 15 dias.

To Top
%d blogueiros gostam disto: