Youtuber perde memória dos últimos 10 anos depois de ter crise de ansiedade

O youtuber Biel Vaz, de 30 anos, está passando por um drama em sua vida.

Há uma semana, Biel teve uma crise forte de ansiedade seguida de convulsão e amnésia dissociativa, segundo sua companheira Tuy Potasso.

Segundo sua namorada, após o episódio, Biel acordou e não se lembrava de mais nada. Em entrevista à revista “Vogue”, Tuy disse Não imaginava que alguém poderia perder a memória sem ter batido a cabeça ou sofrido algum acidente. Não tinha noção do quão sério é a ansiedade. Foi muito louco ele ter uma convulsão, 10 segundos depois acordar e não saber o que tinha acontecido em 2020. Em contrapartida, a sensação que tenho hoje é que isso é um presente para a gente, para nos enxergarmos com os olhos de uma criança e ajudar outras pessoas com isso. Estamos tendo apoio da família, dos médicos, dos psicólogos e tem gente que não tem essa base. Se a gente conseguir passar isso para frente já é um ganho”.

Tuy contou que um dia depois do acontecido procuraram ajuda médica.

“O único que nos tratou bem foi o moço da triagem. Já o médico estava de máscara, mas a gente viu que ele deu risada quando explicamos. O remédio que eles passaram é indicado para pessoas que estão surtadas, que tem grandes problemas de ansiedade, e não era o caso. O Biel estava calmo, já tinha passado um dia. A gente acredita que por conta da aparência, o médico achou que ele tinha se drogado. Depois disso fomos no Hospital São Paulo e passamos com o neurologista. Nos exames não deu nenhum problema neurológico. Fomos no atendimento psiquiátrico e houve o pré-diagnóstico de amnésia dissociativa, que é quando a pessoa tem um trauma muito grande ou uma sensação muito ruim que o cérebro entende que tem que ir para um lugar seguro. Para o Biel foi entre os 18, 20 anos”

A namorada contou também que foram indicados manter a rotina normal para que Biel pudesse voltar aos poucos com sua memória.

“Depois que o Biel se lembrou de mim e do relacionamento que a gente tem, conseguiu assimilar a casa e nossos animais, ele ficou mais tranquilo. Ele está vendo que aos poucos as memórias estão voltando, mas não voltou nem 10% ainda. Ele tem alguns flashes e faz algumas ligações aleatórias. Por exemplo, ele lembrou do namorado de uma amiga por conta de um desenho em uma camiseta, mas ainda não consegue fazer ligação das memórias. O tratamento indicado não foi à base de remédios, a ideia é ver como as memórias vão se formando naturalmente. Nos indicaram terapia e já fizemos a primeira sessão. Sabemos que essa é a principal ajuda nesse momento. Estão sugerindo um hipnólogo, mas vamos conversar com a psicóloga para ver se é recomendado, estamos indo bem devagar. A gente quer que ele fique bem. A gente continua gravando para o canal, aos poucos mostrei a gravação no celular, depois com a câmera, tudo mais tranquilo para ir se acostumando, além de muito amor.

Siga e saiba mais em @vandiniz.obuxixo